segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Novo Mundo

O ser humano com toda sua complexidade e eu sem palavras para descrevê-lo.
É como um novo mundo, com suas ilhas, seus países, seus próprios índios e super civilizações com a tecnologia avançada. O nosso corpo doente também se divide em gerações, uma após outra se diz melhor  do que aquela que vem sucessivamente.
Na nossa mente também há uma divisão que acredita que o homem foi a lua, na nossa mesma mente existe aqueles que adoram Cristo outros Buda.
Nossas mãos conseguem produzir a arma que mata e a medicina que cura, nossos pés andam descalços nos desertos e na antártica desconhecida.
Há pessoas morando nesse novo mundo, há pessoas que se amam, há guerra e paz. Há música boa, há música não tão boa. Há Brasil e China dentro de nós. E também há os casamentos impróprios sendo feito dentro de nós, vontades sendo concretizadas sem a nossa própria vontade.
O coração que pulsa o sangue é a água que parece que nunca acaba, mas o que não sabemos é que a quantidade maior não é de beber. Água doce é raro em nós, por isso temos cuidado para usar. E preservem as árvores também, elas nos dão ar. Vento selvagem em nós que precisamos para não explodir, e se digo selvagem digo porque é importante, esse ar que tanto amamos nos impulsiona a viver.
Dentro da gente tem o suicídio, a depressão, a ansiedade e o transtorno de bipolaridade. Uns acreditam nesse mal, outros descartam e ditam ser algo banal. Isso tudo dentro de nós.

No meu corpo, na minha mente, não tem um líder que governa toda essa gente. No final, contamos com grandes potências, contamos com ONU e tantas outras organizações, mas na realidade, no final ninguém manda em ninguém. Tirar vida e fazer vida dentro de mim é o cotidiano.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Mas me diz, qual seria a melhor saída?

Você está chorando agora, mas depois iria chorar também. E iria ser pior.

Menina, presta atenção, vai tudo doer agora! Não dá pra segurar tudo, não tem saída melhor que isso não, nós estamos falando de amor. Amar e não poder manter perto dói mesmo, mas era o melhor que se tinha a fazer, não era?

Era sim, se lembra o que você pensou tanto, recapitula e não espera nada mais de ninguém.

As vezes a sua mente vai falar "era melhor ter ficado no E SE?", mas não acredita nela não... Você tentou e isso que importa.

Mas me diz, qual seria a melhor saída? Nós não estamos preparadas ainda.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Você não é um unicórnio, você é um rinoceronte.

Ser um rinoceronte não é tão ruim como você está pensando.
Por muito tempo eu quis ser um unicórnio, mas eu sempre fui um rinoceronte. Eu lia coisas de unicórnio, eu comia coisas de unicórnio, queria vestir roupas que os unicórnios vestiam e, o pior de tudo, me inspirava em um unicórnio. 
Muitos me apoiavam para ser um unicórnio, outros falavam que eu era legal sendo um rinoceronte, porém o bom mesmo era eu ser um rinoceronte melhor.
Sei que essa analogia está confusa, mas o que eu quero passar nesse texto é que nós devemos mirar nos alvos certos. É muito bom sonhar, mas existem sonhos que reprimem a gente e impedem o nosso crescimento.
Quando eu me aceitei rinoceronte tudo mudou. Eu parei de querer ser um unicórnio para agradar os outros e comecei a ser um rinoceronte. Os unicórnios são bonitos, mas eu nasci rinoceronte. Então, passei a ler coisas de rinoceronte e a me inspirar no melhor rinoceronte que existe. Comecei a usar roupas que valorizavam meu corpo de rinoceronte e a andar com pessoas que me aceitavam como um rinoceronte mesmo. 
Sei que todos os dias eu posso melhorar minha versão rinoceronesca, mas agora estou ciente que nunca serei um unicórnio, e não choro por causa disso.
Pensa comigo: um mundo só de unicórnios não seria tão legal. 
Você pode ser um unicórnio, um rinoceronte, uma girafa ou um boto-cor-de-rosa, porém o segredo está em saber quem você é, criar o alvo e, então, atirar no centro.